sábado, 31 de março de 2012

Dois para conquistar - Marion Zimmer Bradley

Este livro retrata o fim da Era do Caos e o início do período que viria a ser conhecido como a época dos Cem Reinos.
Esta é a história de Bard di Asturien, um soldado proscrito, ambicioso e misógino (um tanto imaturo e insano também), do seu adversário Varzil o bom, que luta para estabelecer um pacto, e de Paul Harrell, um homem da distante Terra, sósia de Bard. Trata-se de um romance de forças sociais em luta, do uso e mau uso da ciência, da guerra, de estupro e de feitiçaria, temas que permeiam toda a série, se não toda a obra de Bradley.
É o primeiro, desde A Chegada em Darkover, a trazer um terráqueo em sua trama.
É dividido em três partes, que mostram, a ascensão de Bard contando sua história como filho de criação do rei, passando por porta estandarte de seus exércitos e noivo de sua filha, até ser exilado do reino das Astúrias, como um proscrito, um criminoso. A segunda parte trata do retorno de Bard às Astúrias, de como ele ajuda seu pai a tomar o trono para seu irmão e como continua a sua busca insana por sua prometida Carlina. A terceira parte mostra as transformações causadas e sofridas por ele.
Surpreendente e conflitante, esta é mais uma obra-prima de Marion Zimmer Bradley.

2 comentários:

  1. Segui seu conselho e li uns livros da autora, é verdade, ELA É D+!

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, todos deveriam ler^^

    ResponderExcluir