sábado, 1 de abril de 2017

Crônicas Saxônicas: O Trono Vazio - Bernard Cornwell

O grande sonho de Alfredo, rei de Wessex, era unir os quatro reinos saxões da Britânia, Wessex, Mercia, Ânglia Oriental e Nortúmbria em um único grande e poderoso reino, a Anglaterra. Para isso ele dedicou toda sua vida a fortalecer Wessex e estender sua influência aos reinos vizinhos, ao mesmo tempo em que combatia os invasores dinamarqueses.
Alfredo também dedicou boa parte de sua vida ao cristianismo, religião que abraçava com fé inabalável, entretanto, seu principal guerreiro, o notório senhor Uhtred de Bebbanburg, era pagão. E mesmo sendo pagão, Uhtred lutou toda sua vida entre os cristãos para expulsar os invasores do solo britânico.
Muitos anos depois do início dessa saga, com Alfredo já morto e seu filho Eduardo no trono, o velho guerreiro Uhtred continuava em sua batalha, protegendo a família e buscando o sonho de Alfredo. Já há muito tempo ele era o principal guerreiro e o amante da filha do falecido rei, Aethelflaed, esposa de Aethelred, primo de Uhtred e senhor da Mercia, sob o comando de Wessex.
Neste livro, Aethelred e Uhtred, ambos envelhecidos, sofrem com as feridas de sua última batalha contra os dinamarqueses. Em sua agonia final Aethelred reúne seus apoiadores para um golpe final em seu primo e inimigo, mandar Aethelflaed para um convento e colocar outro inimigo no trono da Mercia.
Uhtred, por outro lado, ainda conta com aliados, que junto com ele, buscarão consolidar o poder de Aethelflaed e unir a britânia. Para isso eles usarão os artifícios de sempre, uma força implacável na guerra e estratégias dignas do xadrez na política. Em conselhos e deliberações, em batalhas e casamentos, empocilgas e castelos, acompanhamos uma mente brilhante funcionando e buscando seu ideal.
Ao passo que envelhece, seus filhos Uhtred e Stiorra, começam a seguir os passos do pai, ele como grande guerreiro, espada de Wessex, e ela como senhora pagã.
Acima de tudo a certeza de que o destino é inexorável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário