quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Biografia de Stephen King

Olá pessoal, agora que começou o meu quarto período na faculdade meu tempo de leitura diminui... mas prometo não abandonar o Blog.
Resolvi começar a postar aqui biografias de altores que eu gosto, e para começar:

Stephen Edwin King, que nasceu em Portland, EUA, em 21 de setembro de 1947.
Quando Stephen tinha apenas dois anos, seu pai, Donald Edwin King, abandonou a família. Sua mãe, Nellie Ruth Pillsbury, criou sozinha King e seu irmão mais velho adotivo David, muitas vezes passando por graves dificuldades financeiras.
Ainda criança, testemunhou um acidente horrível - um de seus amigos ficou preso em uma ferrovia e foi atropelado por um trem. Muitas pessoas falam que isso inspirou seu lado negro e suas criações perturbadoras, mas ele mesmo descarta essa idéia.
King era um leitor fanático dos quadrinhos EC's horror comics. Na escola, ele escrevia histórias baseadas nos filmes que assistia e as copiava com a ajuda de seu irmão David. King as vendia aos amigos, mas seus professores desaprovaram e o forçaram a parar.
De 1966 a 1971, Stephen estudou Inglês na Universidade do Maine em Orono, onde ele escrevia uma coluna intitulada "King's Garbage Truck" para o jornal estudantil, o Maine Campus. Ele conheceu Tabitha Spruce lá e se casaram em 1971. O período que passou no campus influenciou muito em suas histórias, e os trabalhos que ele aceitava para poder pagar pelos seus estudos inspiraram histórias como "The Mangler" e o romance "Roadwork" (como Richard Bachman, um pseudônimo). King ensinou inglês na Academia Hampden em Hampden, Maine. Ele e sua família moravam em um trailer, e ele escreveu histórias curtas, a maioria para revistas masculinas.
Stephen logo começou vários romances. Uma de suas primeiras idéias era uma moça jovem com poderes psíquicos, mas ele descartou a idéia. Sua esposa resgatou os esboços do lixo e o encorajou a voltar a escrever sobre isso. Após terminar o romance, ele o intitulou "Carrie, a estranha" e mandou para a Doubleday. Ele recebeu $2 500 dólares adiantados (não muito para um romance, mesmo naquela época), mas os direitos autorais fizeram com que ele recebesse $400 000 posteriormente. Pouco antes do livro ser publicado, sua mãe morreu de câncer no útero. Sua tia Emrine leu o romance para ela antes de sua morte.
King admitiu que nessa época ele estava constantemente bêbado e que foi alcoólatra por mais de uma década. Ele também constatou que baseou o personagem Jack Torrance, do livro O Iluminado, nele mesmo. Sua família e amigos intervieram, jogando fora, na sua frente, todos os seus vícios. Stephen King cortou o álcool e qualquer tipo de droga por volta de 1980 e se mantem sóbrio desde então. E o melhor, escrevendo constantemente!
Alguns de seus livros mais famosos são: “A Hora do Vampiro”, “A Coisa”, “Carie, a Estranha”, “A Espera de um milagre”, “O Apanhador de Sonhos”, "O Iluminado”, entre muitos outros.

3 comentários:

  1. Ótima ideia falar sobre a vida dos autores!
    Está cada vez melhor^^

    Eu imaginava ele como uma pessoa totalmente diferente... tomara que ele ainda escreva muito mais!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Faculdade é complicado né...

    ResponderExcluir
  3. Que legal fala sobre os autores. Adorei o post. Bjs

    http://coposcheiosdevodkaerocknroll.blogspot.com/

    ResponderExcluir